Conheça a história de Mercedes Sosa, a voz da América Latina

Não é exagero dizer que Mercedes Sosa, com sua sensibilidade e posição política, seja uma das principais representantes da música latino-americana pelo mundo: a voz dos que não tinham voz.

Nascida em 9 de julho de 1935, a cantora popularizou ritmos latinos e foi considerada a maior intérprete do folclore argentino. Interpretou canções de nomes como Violeta Parra, Charly Garcia, Milton Nascimento, entre outros. Seu primeiro álbum foi lançado em 1959 e, até 2009, quando faleceu em Buenos Aires, lançou mais de 30 discos. Entre os clássicos estão as músicas “Solo le pido a Dios” e “Gracias a la vida”.

A argentina se destacou desde cedo por sua voz potente e sua postura à esquerda, com canções repletas de mensagens sociais e interpretações inesquecíveis.

Texto publicado originalmente no site: https://www.brasildefato.info/radioagencia

Sobre joaoantoniofilho

João Antonio da Silva Filho é Mestre em Filosofia do Direito pala PUC - SP. É autor dos livros "A Democracia e a Democracia em Norberto Bobbio", "A Era do Direito Positivo" e "O Sujeito Oculto do Crime - Reflexões Sobre a Teoria do Dominio do Fato", publicados pela editora Verbatin. Advogado, foi vereador da capital por três mandatos consecutivos e deputado estadual por São Paulo. João Antonio nasceu em São João do Paraiso - norte de Minas Gerais. Atualmente é conselheiro do Tribunal de Contas do municipio de São Paulo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.