Ele, o mar – por Mimila K Rocha

Sua grandeza não se nota na extensão imaginada…

Nem sua imponência se confunde com arrogância.

Nele, o belo naturalmente abraça a suntuosidade,

No concerto frenético do vai e vem das ondas, uma nota de paz,

A cada vinda uma mensagem…

A cada ida a certeza de um retorno magistral – triunfante!

Sua inquietude é serena.

Sua leveza agitada produz um despertar contagiante – uma repetição agradável.

Enigmático! Nele o mistério alimenta a certeza do amanhã…

Um amanhã renovado nas brisas contagiante.

Solene sem formalismo,

Altivo por dignidade,

Nem arrogante nem autoritário: simplesmente majestoso!


Mimila K Rocha

Sobre joaoantoniofilho

João Antonio da Silva Filho é Mestre em Filosofia do Direito pala PUC - SP. É autor dos livros "A Democracia e a Democracia em Norberto Bobbio", "A Era do Direito Positivo" e "O Sujeito Oculto do Crime - Reflexões Sobre a Teoria do Dominio do Fato", publicados pela editora Verbatin. Advogado, foi vereador da capital por três mandatos consecutivos e deputado estadual por São Paulo. João Antonio nasceu em São João do Paraiso - norte de Minas Gerais. Atualmente é conselheiro do Tribunal de Contas do municipio de São Paulo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Ele, o mar – por Mimila K Rocha

  1. Mônica Froes disse:

    Muito bonito!!
    O mar é assim mesmo…um mistério e translúcido!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Mônica Froes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s