Sanhaço – tudo sobre a espécie

O sanhaço, ave passeriforme da família Thraupidae,  é um dos pássaros mais avistados em território nacional. 

Muito popular por conta das acrobacias que realiza durante a disputa por frutas com outras aves, é conhecido por diversos nomes no país. 

Dentre eles, também é chamado de sanhaçu-cinzento, sanhaçu-do-mamoeiro, sanhaçu, sanhaçu-comum, sanhaçu-da-amoreira, pipira-azul, sanhaçu-azul e sanhaçu-de-ateira. 

Seu nome científico, Tangara sayaca, é derivado do tupi, e quer dizer pássaro dançarino sayacu.

Vem conhecer um pouco mais sobre essa bela espécie no artigo que preparamos a seguir.

Características 

Crédito da foto: @milliebasden

O sanhaço costuma medir entre 16 e 19 centímetros, e pesar de 28 à 43 gramas.

O adulto da espécie tem a cor cinza, com suas asas e cauda na cor azul turquesa. A cabeça é cinza e apresenta uma fina faixa pós ocular na cor cinza escuro – no entanto, nem sempre ela se encontra visível. Também são cinzas sua testa, coroa e nuca.

Tem os olhos bem escuros, e o bico num tom mais escuro de cinza, sendo sua ponta levemente mais clara do que o restante. Sua garganta, peito e ventre também são cinzas, diferente do crisso, que é branco.

Os lores são cinzentos, assim como a cabeça. A coloração do manto é cinza, porém mais escuro que a nuca. As penas coberteiras são cinza azuladas. 

As rêmiges apresentam uma bela coloração cinza azulada, com reflexos metálicos esverdeados e com as bordas internas das penas escuras. 

O uropígio, assim como as penas supracaudais, são cinza azulados e as retrizes são azuladas com os mesmos reflexos metálicos verdes das rêmiges.

No caso da ave jovem, sua coloração é bem semelhante à do adulto, com a diferença de ser um pouco mais esverdeada, opaca e pálida.

Já os filhotes do sanhaço são completamente cinzentos, com comissura labial na cor rosa.

Suas características o tornam bem parecido com o sanhaço-do-encontro-azul. No entanto, este último é mais azulado, além de possuir o bico maior.

Suas características o tornam bem parecido com o sanhaço-do-encontro-azul. No entanto, este último é mais azulado, além de possuir o bico maior.

Vale ressaltar também o fato de que o sanhaço é uma espécie sem dimorfismo sexual. Ou seja, tanto macho quanto fêmea desta ave não apresentam diferenças físicas.

Alimentação

O sanhaço tem uma alimentação majoritariamente frugífera, ou seja, come principalmente frutas. Além de viver na copa das árvores em busca de frutos maduros, também gosta de saborear os que se encontram caídos no solo.

Além das frutas, também fazem parte de sua dieta folhas diversas, flores de eucaliptos e insetos. Dentre eles, os preferidos são as formas aladas do cupim, conhecidos como “aleluias” ou “siriris”, que ele captura ainda durante o vôo.

Reprodução

ninho do sanhaço é construído em conjunto pelo casal. Feito com pequenas raízes, musgos e pecíolos foliares, costuma ficar escondido sob a vegetação densa, sempre em galhos com formato de forquilha. Sempre em formato arredondado, o ninho tem um diâmetro médio de 11 centímetros.

Normalmente, a fêmea bota de 2 a 3 ovos de cor branca, com pintas marrons. São bem semelhantes aos ovos do Sabiá, no entanto, menores em tamanho. Ela é responsável pela incubação, que leva de 12 a 14 dias para ser completa e o ovo eclodir.

Outra tarefa que o casal divide é a alimentação dos filhotes. Geralmente, o filhote do sanhaço permanece sendo alimentado até os 20 dias de idade, quando decide deixar o ninho.

Quanto ao habitat em que o Sanhaço vive, é mais comum encontrá-lo em paisagens abertas, onde existam árvores e arbustos, além de plantações e regiões urbanas.

Hábitos

O Sanhaço costuma ser avistado na grande maioria das vezes andando em casais, ou no máximo, pequenos grupos de aves. Além disso, também é possível avistar o pássaro junto de outra espécie de sua família, o sanhaço-do-coqueiro. Este parente seu, inclusive, tem um canto muito semelhante ao seu, que pode confundir os mais desavisados.

Distribuição Geográfica

O sanhaço é encontrado por todo o litoral leste da América do Sul, ou seja, entre a região de São Luís, MA, no Brasil, e Buenos Aires, na Argentina. Além disso, também é avistado na área dos Andes, no Peru, até a Argentina – exceto na região Amazônica. Consegue viver em ambientes com climas que vão do úmido ao semiárido. e em altitudes que chegam a mais de 3 mil metros.

Curiosidades

O Sanhaço, conhecido como sanhaço-cinzento, é o integrante mais comum e popular da família aqui no Brasil.

Uma curiosidade interessante relacionada ao sanhaço é o fato de que o macho pode alterar seu canto em uma situação de perigo. Quando se prepara para uma briga com outro macho de sua espécie, costuma tornar seu canto mais rouco e monótono, o que é bem característico.

Fonte: https://www.portaldospassaros.com.br

Sobre joaoantoniofilho

João Antonio da Silva Filho é Mestre em Filosofia do Direito pala PUC - SP. É autor dos livros "A Democracia e a Democracia em Norberto Bobbio", "A Era do Direito Positivo" e "O Sujeito Oculto do Crime - Reflexões Sobre a Teoria do Dominio do Fato", publicados pela editora Verbatin. Advogado, foi vereador da capital por três mandatos consecutivos e deputado estadual por São Paulo. João Antonio nasceu em São João do Paraiso - norte de Minas Gerais. Atualmente é conselheiro do Tribunal de Contas do municipio de São Paulo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s