Pássaro Preto – Tudo sobre a espécie

O pássaro preto (Gnorimopsar chopi) ou graúna, derivado do tupi “guira-una” = ave preta, é também conhecido como iraúna-grande, chico-preto (Maranhão e Piauí), arranca-milho, chopim, chupim (São Paulo), chupão (Mato Grosso), assum-preto e cupido (Ceará), melro e craúna (Paraíba).

Seu nome científico significa: do (grego) gnorimos = notável; e psar, psarus = estorninho; e do (guarani) chopionomatopeia que faz referência ao canto desta ave. ⇒ (Ave) notável parecida com um estorninho. Vale lembrar que a referência aos pássaros da Europa era comum, já que os ornitólogos que descreveram pela primeira vez estas espécies faziam associação e referiam-se aos pássaros que conheciam no velho mundo.

Características

O tamanho de um pássaro preto adulto é entre 21,5 a 25,5 centímetros de comprimento e seu peso entre 69,7 a 90,3 gramas. 

Outra característica é sua coloração, inteiramente preta, incluindo as pernas, bico, olhos e plumagem, e por isso origina-se o seu nome. 

Além disso, diferencia-se o macho pela plumagem azul metálica, a fêmea pela plumagem fosca e seus filhotes não possuem penas ao redor dos olhos. 

É uma ave muito sociável e companheira.

Alimentação

É um pássaro onívoro, ou seja, se alimenta de carne e vegetal. 

Come frutos, sementes, insetos, aranhas e outros pequenos invertebrados. Um dos seus alimentos preferidos é o coco maduro da palmeira buriti. 

É um pássaro muito inteligente, portanto, podem ser vistos apanhando insetos atropelados nas estradas e aproveitando restos de milho junto às habitações humanas ou desenterrando sementes recém-plantadas.

Reprodução

Na natureza, os pássaros pretos constroem os ninhos em árvores ocas, na densa copa dos pinheiros, dentro do penacho de coqueiros, troncos de palmeiras, ninho de outras aves (como os do pica-pau e do joão-de-barro), buracos em barrancos e cupinzeiros.

Ademais, atingem a maturidade sexual aos 18 meses e as ninhadas podem acontecer de 2 a 3 vezes por temporada, do qual são postos de 3 a 4 ovos.

Quatorze dias depois os filhotes nascem e permanecem por mais 18 dias no ninho, até voarem. 

Os machos ajudam a cuidar dos filhotes.

Hábitos

Na natureza é comum o pássaro preto viver em bandos muito barulhentos, sendo fácil encontrá-los em áreas agrícolas, buritizais, pinheirais, pastagens e áreas pantanosas, plantações com árvores isoladas, mortas e remanescentes da mata. 

Por isso, no fim da tarde quando costumam dormir, se reúnem entre as folhas de árvores isoladas. 

Apesar de serem aves sociáveis, no período de reprodução tornam-se extremamente territorialistas. 

Há quem confunda a graúna com o ousado chupim, pássaro famoso por parasitar o ninho de muitas espécies, como por exemplo o tico-tico.

O chupim é esbelto, comprido e possui penas com tons violetas, enquanto a graúna possui penas pretas e porte mais avantajado, além de saber criar o seu próprio ninho. 

Distribuição Geográfica

É encontrado por todo o Brasil, exceto a Amazônia, onde está presente apenas no leste do Pará e no Maranhão. 

Também é encontrado no Peru, Bolívia, Uruguai, Paraguai e Argentina. 

Por ser nativo no Brasil, sua apanha em território nacional é proibida. 

Pela legislação deve ser obtido em criadouros autorizados pelo IBAMA

Fonte: https://www.portaldospassaros.com.br

Sobre joaoantoniofilho

João Antonio da Silva Filho é Mestre em Filosofia do Direito pala PUC - SP. É autor dos livros "A Democracia e a Democracia em Norberto Bobbio", "A Era do Direito Positivo" e "O Sujeito Oculto do Crime - Reflexões Sobre a Teoria do Dominio do Fato", publicados pela editora Verbatin. Advogado, foi vereador da capital por três mandatos consecutivos e deputado estadual por São Paulo. João Antonio nasceu em São João do Paraiso - norte de Minas Gerais. Atualmente é conselheiro do Tribunal de Contas do municipio de São Paulo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s