Cumplicidade – por Mimila K Rocha

Naquela manhã, quando acordei seu cheiro ainda estava no ar…

É que o cenário da noite anterior fazia minha imaginação levitar…

Era como se meus pensamentos quisessem fincar em mim os registros de um passado não tão distante.

Não era a perda da consciência, pelo contrário, eram marcas de um estado de contemplação – um momento de êxtase.

Tudo era real: cadeiras afastadas da mesa, marcas de vinho na toalha, cama desarrumada e o batom vermelho na taça se confundindo com a densa cor do Malbec.

Na vida é assim, os feitos, quando marcantes, fincam n’alma a certeza do querer.

Naquela manhã, tomado pelo desejo da repetição, esperei o nascer do sol com expectativa…

Mimila K Rocha

Sobre joaoantoniofilho

João Antonio da Silva Filho é Mestre em Filosofia do Direito pala PUC - SP. É autor dos livros "A Democracia e a Democracia em Norberto Bobbio", "A Era do Direito Positivo" e "O Sujeito Oculto do Crime - Reflexões Sobre a Teoria do Dominio do Fato", publicados pela editora Verbatin. Advogado, foi vereador da capital por três mandatos consecutivos e deputado estadual por São Paulo. João Antonio nasceu em São João do Paraiso - norte de Minas Gerais. Atualmente é conselheiro do Tribunal de Contas do municipio de São Paulo.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Cumplicidade – por Mimila K Rocha

  1. SEBASTIAO G NASCIMENTO disse:

    Um Malbec e um batou fazem revoluções. Parece que Mimila deu o primeiro tiro.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s